44 3269-7000
44 3034-5247
Av: Nildo Ribeiro da Rocha Neto, 1582 — Vila Marumby Maringá/PR — CEP: 87005-160
contato@escritorioregente.com.br

Brasileiro - um futuro imprevisível

O brasileiro deve se conscientizar que o resultado de nossa limitação educacional e cultural

“O mundo globalizado com a evolução tecnológica em modalidade exponencial, se incompatibiliza com a nossa limitação oriunda de uma educação linear, eis o futuro que nos espera.” (Elenito Elias da Costa e Levy da Costa)

Introdução

O brasileiro deve se conscientizar que o resultado de nossa limitação educacional e cultural, agregado a Pandemia e as Crises existenciais, diante de um mundo globalizado com essa evolução meteórica das inovações tecnológicas, deverão afetar nossas estratégias para que possamos acompanhar citadas evoluções, pois o futuro que nos espera só acolherá aqueles que se capacitar e se qualificar melhorando as suas competências em face do cenário futurista.

Tanto profissionais e educandos devem estabelecer suas prioridades diante do cenário que nos assola, tais como melhorar consideravelmente nossas competências, aprender idiomas, tais como inglês e mandarim, e se aprofundar nos conhecimento das inovações tecnológicas.

Devemos observar que tais evoluções estão acontecendo de modalidade meteórica e o tempo urge e aquele que não estiver preparado para esse novo mundo, provavelmente estará passível de ser excluído e viverá ás espensas do Erário através de programas assistenciais, o grande problema é que nessa tendência de cenário o Governo não terá orçamento disponível para acolher o grande número de excluídos que engrossarão tais camadas sociais.

O presente artigo visa sensibilizar o leitor para que possa se preparar para um novo mundo com uma danger wave, onde a exclusão é um fato incontestável, agravando ainda mais as desigualdades que hoje nos assolam.

Aspectos filosóficos

Quando JC disse a Lázaro “levanta-te e andas”, e quando DEUS disse a Adão que “comerás e beberás com o suor do teu rosto”, e amenizou a situação quando cita ”és minha imagem e semelhança, portanto és perfeito”, mas contemporizou quando escreveu que “ninguém é perfeito” e “aprenderás com os erros”, tais adágios e citações devem ser motivo de elevada e sérias reflexões diante do mundo globalizado.

Mesmo que saibamos que a nossa Constituição Federal em seu artigo primeiro fala sobre a soberania, cidadania, respeito ao trabalho, e em seu artigo quinto trata dos direitos individuais e fundamentais, que inibe a discriminação, onde as desigualdades sociais depõem contra, e sabemos o quanto sofremos em face de nossa existência diante de uma sociedade eivada de vícios e erros.

Assim como nos ensina Nicolau Maquiavel no seu livro O PRÍNCIPE, quando nos demonstra que “para bem conhecer caráter do povo é preciso ser príncipe, e para bem conhecer o do príncipe é preciso pertencer ao povo”, essa confrontação de valores e princípios se comprova através de fatos vivenciados.

Como também nos ensina Renée Descartes em seu livro DISCURSO DO METODO, onde cita que “o senso comum de um época qualquer que seja, não é e nem pode ser critério de verdade, pois o encontro com a verdade não tem nada de dogmático, ele significa somente um encontro da razão consigo mesmo, um procedimento livre e metódico”, deixa claro a relatividade cognitiva da palavra “verdade”, em sua interpretação casuística, mas verossímil.

Da mesma forma, podemos entender Friedrick Nietzsche, em seu livro ASSIM FALOU ZARATUSTRA, quando cita “de todo o escrito, só me agrada aquilo que uma pessoa escreve com o seu sangue” onde defenestra a nossa limitação educacional e cultural diante da necessidade de entender e compreender o sistema que nos envolve.

É bem provável que possamos nos identificar com os escritos de Fiódor M. Dostoiévsky em seu livro O IDIOTA e que ainda nos apresenta OS DEMÔNIOS também de sua autoria, diante do quadro que se desenvolve em nossa Gestão Pública, e onde provavelmente este cenário nos aflige diante dos fatos que vivenciamos se igualando aos livros, INFERNO de Dante Alighieri e O INFERNO de Dan Brown, caso não tenhamos a nobreza de proceder as ações e atitudes necessárias para alçar a mudança positiva em nosso futuro breve.

Na oportunidade citamos tais livros e seus respectivos autores, para que tenhamos a visão holística dos fatos que nos envolvem e que estamos vivenciando, e quiçá possamos ter um senso critico ao procedermos a uma análise mais depurada e interpretativa das evidências para que em seguida possamos adotar as melhorias que todos nos desejamos.

É fato incontestável que a nossa maior fragilidade se compactua com a nossa limitação educacional e cultural, e estamos cientes da origem e de suas consequências, pois quão mais elevado for a nossa educação e cultural, menor dependência do sistema político acontecerá, e isso é um segredo que poucos entendem, por motivos óbvios.

Mundo Globalizado

Estamos vivenciando um mundo completamente diferente, onde as distâncias inexistem, e o mercado laboral só acolhe aqueles que tenham uma educação de qualidade em toda sua essência, desde o conhecimento do seu mister, idiomas e inovações tecnológicas com a inserção da inteligência artificial que avança meteoricamente em todos os níveis.

Os grandes países de referência são aqueles que têm uma educação de qualidade e com grandes investimentos para manter essa qualidade, pois a população precisa dessa educação.

A cada dia sentimos que aquele país que não investe em educação de qualidade, ficará cada dia mais atrasado quando comparado com os demais países que adotam sérios investimentos em educação.

Esse fato tem influencia direta na busca da regularização da Economia, pois os investidores querem retorno de seu Capital e preferem aplicar em países com mais segurança política, social e econômica.

Inteligência Artificial

Devemos entender que a velocidade em que se desenvolvem as inovações tecnológicas é completamente diferente da modalidade linear do ser humano desprovido de uma educação sem qualidade, e esse fato poderá penalizar toda a sociedade mesmo que determinado país tenha riquezas minerais, terras férteis, e seja de grandeza continental, pois o sistema é sumariamente excludente.

O mundo globalizado servido com uma inteligência artificial torna o mercado laboral altamente seletivo, onde poucos terão oportunidade, mesmo aquele que deseja empreender, pois sofrerá uma concorrência antenada com essas inovações.

O grande fracasso de nossa educação em todos os níveis e principalmente no período de pandemia deverá resultar em maior desemprego, e o Governo deverá assistir esse bolsão de miseráveis, ou sofrerá com a convulsão social como último recurso.

A inteligência artificial com o GPT- 3 e ainda com a velocidade do 5G, elevarão as desigualdades e também o desemprego, criando grandes camadas de pobreza, onde provavelmente elevarão a insegurança e a violência social, eis um cenário que deve preocupar determinados países.

O algoritmo, a lógica Fuzzy, o machine learning, o deep learning, racionalmente aplicado com a data mining e rede neural, na velocidade 5G, trarão grandes diferenças qualidade das atividades econômicas.

O cenário futurístico previsível é desalentador, e o mais gritando é que o tempo para essa adaptação é bastante exíguo, e necessita de grande volume de investimento para a educação, pois o prejuízo poderá ser ainda maior em caso de inobservância a esses fatores.

Profissional

O futuro dos profissionais nesse cenário, com os dados atuais é bastante polêmico e imprevisível, pois sabemos de nossas limitações no tocante a formação de nossos profissionais, que poderão engrossas o subemprego, por completa incompetência.

A sociedade deveria exigir dos poderes constituintes mais celeridade no tocante a aplicação dos recursos que já está diminuto, e só receberá adendos qualitativos se houver investimentos em educação de qualidade.

É perfeitamente compreensível que muitos profissionais busquem outros países para habitar e viver socialmente, pois esse fato é consequência na credibilidade das autoridades que ainda estão no poder.

Nossos profissionais navegam em berço esplêndido e não estão acompanhando a evolução exponencial das inovações tecnológicas e do mundo globalizado, e lamentamos essa letargia em compreender esses fatos, pois o ônus é uma evidência..

O preço por essa atitude é exorbitante e poderá causar incerteza na geração que ainda está se formando, caso não tomemos as ações e atitudes para mudar esse quadro caótico.

Lembro que o setor primário da economia, será afetado pelo meio ambiente e que ser o celeiro do mundo numa sociedade seletiva e com consumidor mais antenado com as inovações tecnológicas, pode gerar uma aposta de imprevisível resultados.

Na dúvida, aconselhamos a busca de melhorar suas competências o mais breve possível, pois o hiato temporal urge e já demonstra sequelas negativas que devem ser observadas por toda sociedade.

O agravante diante dessa análise de cenário é a sustentabilidade da geração futura que ainda não entendeu essa visão, e poderá sofrer ainda mais se isolando dos demais, que tem sólidos investimentos na formação de seus profissionais.

Mercado do Futuro

Nesse mercado do futuro agregado o mundo globalizado e as inovações tecnológicas, haverá também mudança no comportamento social do consumidor diante de suas prioridades e de tais evoluções.

Segundo a empresa EURO MONITOR, ela acha que o consumidor ficará menos consumista e racionalizará seus recursos de modalidade inteligente.

Enfoca ainda que o trabalho das grandes empresas empregarão poucos funcionários focando ainda mais em suas competências, com trabalho remoto e horário flexível, buscando elevar a produtividade.

Informa ainda, que a exigência do estudo terá foco na experiência, habilidades comprovadas e seletividade, na contratação de profissionais.

Informa também que a moda, se identificará com roupas confortáveis e temas esportivos, dando maior inserção a qualidade de vida dos consumidores.

E as relações sociais terá maior foco no CO WORKING, onde se conectará através das mídias sociais, identificando sua prioridade.

A CHINA Link Trading, nos informa cinco fatores que deverão ser a tônica do 5G com inteligência artificial, tais como:

  1. Produto Home Office, que em sua maioria utilizarão a IOT com a machine learning;
  2. Hiperpersonalização, de algumas marcas como a impressora 3D e a gravação a Laser;
  3. Produtos Progressistas, tais como os sustentáveis, com respeito ao meio ambiente, veganos, rede Black e LGBT;
  4. Produtos vendidos por assinaturas, que tendem ter maior qualidade e credibilidade no mercado;
  5. Produtos de acessórios médicos, tendo em vista a IA e o GPT – 3, em evidência.

Conclusão

Esse cenário de incerteza e escassez de investimento provavelmente levará determinados países a situações miseráveis, e se hoje nos declaramos escravos do capital, imaginem com o agravamento desses fatores.

O tempo que perdemos com firulas, futebol, carnaval, frenesi político, deverá cobrar um preço muito elevado, onde o termo sociedade democrata poderá sofrer alterações significativas, e indesejáveis, mas plausíveis.

As mudanças hão de acontecer numa velocidade bastante sensível e sabemos que não podemos acompanhar, já que inexistem aplicações de investimentos para atenuar o grave cenário caótico que se aproxima e onde muitos sofrerão.

Esperamos que realmente DEUS seja brasileiro, pois essa talvez seja a única esperança onde muitos sentirão essa hecatombe.

Devemos nos conscientizar que tais inovações hão de impor a sociedade uma rápida adaptação para seu uso em nosso cotidiano, mas devemos entender que o sistema é excludente, para aqueles que não entenderem tais evoluções modernas.

Quiçá nossa educação possa alcançar a qualidade necessária, onde todos os integrantes possam também se transformar em agentes mobilizadores dessa nova era.

AUTORES: ELENITO ELIAS DA COSTA e o genial LEVY DA COSTA.

Todos os direitos reservados | © 2021 | Escritório Regente Política de Privacidade
desenvolvido por